Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

julho 15, 2013

Livro The Best of Elvis - Concertos e Obras Beneficientes 02



Você pode ver as partes anteriores do livor AQUI


D.J. Fontana conheceu Elvis no Louisiana Hayride e juntou-se ao grupo em 1955. Lembra-se daqueles tempos. “Era sete dias por semana, uma cidade diferente em cada noite. Só tínhamos um carro. E éramos 4 rapazes e todos os instrumentos. Às vezes também levávamos o Gene Smith e o Red West conosco, por isso, ficava muito apertado. Por vezes também nos aborrecíamos dentro do carro. Elvis era um rapaz muito ativo quando era jovem. Dava o espetáculo e ficava num estado de nervos deplorável. Não parava de mexer no rádio e falava toda a noite, sobre tudo e sobre nada, desde que continuasse a falar. Um de nós tinha sempre de o ajudar a abrandar um pouco. Por isso, caminhávamos pela rua com ele e depois os outros vinham nos buscar. O colocávamos no banco de trás e ele dormia como um bebé. Dávamos um concerto e partíamos logo para outra cidade. Nunca líamos os jornais porque andávamos sempre à frente deles. Saíamos imediatamente após o concerto e nunca sabíamos o que diziam de nós, se tinham gostado ou não. A primeira impressão que tivemos de que talvez fôssemos importantes foi no Cotton Bowl de Dallas. Levaram Elvis dentro de um Cadillac e até parecia uma guerra – as multidões e todo o barulho que faziam. Em junho de 1955, Elvis apareceu em dois espetáculos em Beaumont, no Texas, para contribuir com um donativo para o Departamento Policial da cidade. Esta talvez tenha sido a sua contribuição mais antiga para com a profissão que tanto admirava. Foram vendidos mais de 24.000 bilhetes a um dólar cada um.
No entanto, nem todos os concertos de beneficência que deu foram um sucesso enorme. Em 25 de novembro de 1955, quando Elvis apareceu numa escola preparatória em Port Arthur, no Texas, para angariar fundos para o departamento dos bombeiros da cidade, só apareceram cem pessoas.
Mesmo quando estava de tourné Elvis não negligenciava as caridades. Em dezembro de 1955, foi a principal atração num concerto que deu na sua escola, a Humes High School. O espetáculo destinava-se à angariação de fundos para comprar leite para as crianças de famílias pobres. Posteriormente, Elvis doaria 900 dólares para o programa ROTC da Humes (escuteiros), do qual ele tinha feito parte quando era estudante. Em outra ocasião pagou 1.000 dólares para obter 14.000 bilhetes do jogo de futebol E.H. Crump Memorial, e doou-os aos estudantes da Humes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

back to top