Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

dezembro 06, 2011

Aloha From Hawaii


O Especial Aloha From Hawaii foi difundido para 36 países e visto por mais de 1,5 bilhão de pessoas, o que equivale a 3 em cada 7 pessoas no mundo. Em 1973, esse número representava metade da população mundial.
Um álbum duplo espetacular foi lançado às pressas pela RCA em 15 de fevereiro de 1973, um mês depois da atuação. Este álbum vendeu um milhão de exemplares num instante, subindo até primeiro lugar nas tabelas de êxitos.

A RCA Records nunca recebeu o crédito que merecia pelo álbum. O trabalho e planejamento para este espetáculo foi um esforço conjunto que mostrou que a RCA andava ligeiramente à frente no que tocava a lidar com os seus artistas sob contrato.

Quando a NBC difundiu a versão de 90 minutos de Aloha em 4 de abril de 1973, os níveis de audiência foram espantosos – mais de 50%. Isto bateu a série televisiva mais popular até então, All In The Family, bem como a restante concorrência.

Até mesmo pessoas na África conseguiram ver este programa. Mas como haviam poucas tvs disponíveis nesse continente na altura, o espetáculo foi comercializado como um filme.

Elvis estava sentado na frente de sua tv quando a NBC voltou a difundir o Espectáculo Via Satélite em novembro de 1973.
Elvis não voltou a usar muitas capas depois do espetáculo Aloha, pois representavam uma ameaça à sua vida. “As capas transformaram-se numa preocupação,” explica Dick Grob, chefe de segurança, “No final de um concerto, por exemplo: como sabem, ele apertava sempre algumas mãos do público enquanto a banda tocava a música de saída. Quando se inclinava para apertar a mão a alguém, a capa descaía para a frente. Era como ter ali uma corda pendurada que alguém podia agarrar. Ele tinha a capa presa ao pescoço e muitas vezes as pessoas agarravam-na e tentavam puxá-lo para fora do palco. Tinham um aspecto fabuloso, mas eram demasiado perigosas. Por isso, foi decidido não voltar a usá-las mais. Isso aborreceu Elvis. Ele amava usá-las.”
O dia 13 de janeiro de 1974 foi declarado pelo Mayor de Honolulu “Dia Elvis Presley”.
No álbum duplo que foi lançado depois do especial televisivo, foram várias as línguas utilizadas para dizer a frase “Amamos Elvis”. Também está incluída a frase em português.
Elvis chegou a Honolulu em 9 de Janeiro de 1973. A sua chegada ao Hawaiian Village Hotel por helicóptero foi filmada para a sequência de abertura do especial.
Depois de dois dias de ensaios, Elvis deu um concerto de ensaio perante 6.000 fãs na Honolulu International Center Arena em 12 de Janeiro. Este concerto disponibilizou material para numeros álbuns piratas ao longo dos anos, assim como do lançamento
oficial da RCA, em 1988, The Alternate Aloha.


Depois do público ter saído do edifício, Elvis gravou 5 canções para a edição americana do concerto, que foi difundido a 4 de abril de 1973, às 20h30, pela NBC. As cinco canções foram: Blue Hawaii, Ku-u-i-po, Hawaiian Wedding Song, Early Mornin' Rain e No More

Elvis escrevia sempre uma sequência das canções que propunha cantar num concerto num bloco de folhas amarelas antes de entrar em palco e entregava-a a Charlie Hodge, que depois a passava aos elementos da banda. Com algumas fotos abaixo segue a lista escrita por Elvis para o concerto Aloha From Hawaii.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

back to top