Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

janeiro 17, 2010

Elvis estava quase cego quando morreu


ELVIS PRESLEY sofria de glaucoma e estava quase cego quando faleceu, de acordo com o médico particular do saudoso Rei do Rock.

O Dr. George Nichopoulos conseguiu notoriedade quando, três anos após a morte de Presley, ocorrida em 1977, ele foi indiciado em 14 casos de prescrição excessiva de remédios para Presley e para outros pacientes, dente eles o rocker Jerry Lee Lewis.

Ele foi absolvido em todas as instâncias, mas as acusações lhe renderam o apelido de "O Homem que Matou Elvis" entre os enfurecidos fãs do cantor.

Trinta anos depois, Nichopoulos volta ao assunto em um novo livro, no qual ele alega que Presley estava numa situação caótica de saúde na época de sua morte e sofria de inúmeras doenças que poderiam tê-lo matado.

O médico afirma que Presley sofria de glaucoma, artrite, um fígado com gordura em excesso, um coração inchado e um cólon inchado que tinha o dobro do tamanho normal. Elvis supostamente também sofria de gota, enxaqueca e constipação.

O cantor morreu aos 42 anos em sua mansão Graceland, localizada em Memphis, no estado do Tennesee, vítima de uma arritmia cardíaca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

back to top